12/11/2010

Eu Matei a minha Mãe

Escrito, dirigido e interpretado por um jovem francês de 16 anos, a história trata de um menino gay com problemas de relacionamento com a sua mãe. No começo parece meio bobo, com gritos e discussões que parecem não ter fim. O filme melhora pro fim e se torna uma bela surpresa.
Fica delicado na medida em q as relações avançam.
Bonito.
PS - A Ligia dormiu. Acordou no dia seguinte de manhã bem cedo, pra variar,(6 am) e terminou de assisitr.
Tmbm gostou.

Nenhum comentário: